Image (23)Pai de Lídia Brondi, o pastor Jonas Resende é autor de vários livros. Um deles, “Deus Fora do Espelho“, foi lançado em 1º de dezembro de 1977. Lídia Brondi sempre prestigiou o trabalho do pai e, naquele ano, não foi diferente, mesmo na vivendo a correria da reta final da novela “Espelho Mágico“.

Na nota, publicada na revista “Amiga“, de 21 de dezembro de 1977, que falou do lançamento da obra, Lídia Brondi comentou sobre a relação de respeito entre ela e seu pai. “Estamos sempre um ao lado do outro quando é necessário uma força”, disse a jovem atriz.

Em 1997, Lídia Brondi, já afastada da carreira artística, foi flagrada em outra cena de carinho em lançamento de um outro trabalho do pai. O registro foi publicado na revista “Amiga” e já foi postado aqui no blog.

Confira, abaixo, três momentos de Lídia Brondi com seu pai, o pastor, sociólogo e teólogo, Jonas Resende.

Anúncios