A nota acima foi escrita pelo colunista Nelson Rubens e publicada na revista “Amiga”, de 13 de dezembro de 1991, sete meses após o encerramento da novela “Meu Bem, Meu Mal”.

Naquela época, Lídia Brondi e Cássio Gabus Mendes já tinham iniciado o romance que dura até hoje. O casal se preparava para levar aos palcos a peça “Parsifal”, último trabalho de Lídia Brondi como atriz. O espetáculo foi encenado em 1992.

A nota faz parte do acervo do Césio Vital Gaudereto, do blog “Revista Amiga e Novelas”. Para ter acesso aos outros conteúdos desta edição, é só clicar AQUI.

Anúncios