Foi com a personagem Estela que Lídia Brondi, aos 15 anos, fez sua estreia na Rede Globo. Era a novela “O Grito”, polêmica trama de Jorge Andrade, que foi ao ar no horário das 22h, de outubro de 1975 a abril de 1976.

Estela morava na cobertura do conturbado edifício retratado em “O Grito”. A jovem era filha de Edgar (Leonardo Villar) e Mafalda (Maria Fernanda).

Estela vivia um romance com Guilherme (Guto Franco), apesar de sua mãe ser contra, pelo fato de considerar o rapaz pobre.

Hoje, com a internet, é possível rever cenas de “O Grito”, como as sequências do primeiro capítulo, compartilhado pelo blog “Memória da TV“. Há algumas cenas com a jovem Lídia Brondi, que anos mais tarde se tornaria uma das principais estrelas da Globo.

Antes disso, Lídia tinha protagonizado a série “Márcia e seus problemas”, na TVE. A atriz foi levada para a TV Globo pelas mãos do diretor Walter Avancini.

Uma curiosidade é que, na abertura da novela, o sobrenome de Lídia foi grafado errado: “Bronde”. Confira o vídeo, que foi indicado pelo Alperi Martins.

Anúncios