O plot do romance entre um homem mais velho e uma adolescente já foi muito utilizado nas novelas, pois sempre gerou muita polêmica. Lídia Brondi viveu essa experiência também fora das novelas. Aos 17 anos, o namoro com o diretor Daniel Filho, já quarentão, foi bastante comentado pelas revistas da época.

A nota acima foi publicada pela revista “Amiga”, em 1977. Naquele ano, Lídia interpretava a rebelde Beatriz, da novela “Espelho Mágico”, dirigida por Daniel Filho.

O assunto também foi parar na “Contigo!”, que publicou a nota abaixo (clique para ampliar).

Nas novelas, duas personagens adolescentes de Lídia Brondi se envolveram com homens mais velhos. Em “Dancin’ Days” (1978), Verinha namorou Hélio (Reginaldo Faria). No ano seguinte, em “Os Gigantes”, sua personagem, a veterinária Renata, se apaixonava pelo médico Fernando, papel de Tarcísio Meira.

Os materiais foram gentilmente enviados pelo Alperi Martins.

Anúncios