A revista “Semanário”, edição de 2 de outubro de 1989, trouxe uma matéria de capa sobre os mistérios do passado de Leonora, personagem de Lídia Brondi na novela “Tieta”. A atriz deu pistas sobre a conturbada vida que a “enteada” de Tieta (Betty Faria) levava em São Paulo, antes de chegar a Santana do Agreste.

Lídia Brondi analisou o amor de Leonora por Ascânio (Reginaldo Faria), falou dos sonhos da personagem e ainda comentou sobre política e sobre o relacionamento com sua filha, a Isadora, na época com quatro anos.

A matéria trouxe fotos raras e informações sobre a relação de Lídia com Ricardo Waddington, seu ex-marido, pai de Isadora e diretor de “Tieta”. Lídia Brondi também falou sobre a sua Edição Especial de “Playboy”, no aniversário de 12 anos da publicação, em 1987:

“Toda a minha relação com a ‘Playboy’ foi ótima, eu posei para o Duran porque as fotos viviam o contexto de tudo que havia acontecido na minha vida e carreira”.

1. Detalhe da foto de capa da revista “Semanário”.

2. Lídia, em registro nos bastidores de “Tieta”.

3. A atriz ao lado do diretor da novela, Ricardo Waddington, e dos autores Aguinaldo Silva, Ricardo Linhares e Ana Maria Moretszohn.

O material foi gentilmente enviado pela Carminha Paukoski, que mantém o blog “Eu, você e o resto do Mundo“. Clique nas páginas para ampliar e ler a reportagem na íntegra.

Anúncios