O triângulo amoroso da novela “O Homem Proibido” (Globo, 1982), vivido por Joyce (Lídia Brondi), Paulo (David Cardoso) e Sônia (Elizabeth Savalla), foi tema de uma crônica escrita pelo jornalista Arthur da Távola.

Especialista em televisão, Távola utilizou dos personagens rodriguianos para falar sobre o ato de amar e ser amado.

A crônica foi publicada pela revista “Amiga” e ilustrada com fotos dos três protagonistas da polêmica novela de Teixeira Filho, inspirada na obra de Nelson Rodrigues.

O material foi gentilmente enviado pelo Alperi Martins. Clique para ampliar:

Uma outra crônica escrita por Arthur da Távola já foi publicada no blog. Em “Mira Maia e as bofetadas” da vida, o jornalista fez uma interessante análise sobre a personagem de Lídia Brondi em “Baila Comigo” (1981). Confira aqui.

Anúncios