Em 1988, a revista Manchete publicou uma matéria que falava da relação de Lídia Brondi com o jornalismo. Naquele ano, ela interpretava Solange Duprat, em “Vale Tudo”, a terceira jornalista vivida por Lídia na televisão.

Antes disso, a atriz foi Mira Maia na novela “Baila Comigo” (Globo, 1981) e a repórter policial Bárbara Diniz na novela “Corpo Santo” (Manchete, 1987).

Na reportagem, Lídia Brondi comenta o sucesso da personagem Solange e sobre produção independente. Mãe de Isadora na vida real, Lídia Brondi marcou época ao viver a jornalista da revista “Tomorrow” que queria criar um filho sozinha, sem a presença do pai.

A revista também trouxe revelações sobre os planos de Lídia em produzir peças de teatro. “Acho que deve ser muito agradável o artista embarcar na rota de sua própria produção”, disse.

Para conferir esses e outros assuntos, clique na imagem abaixo para ampliar a página:

Anúncios