A capa da revista “Amiga”, de 1978 (material gentilmente enviado pelo Alperi Martins), anunciava uma das reviravoltas da novela “Dancin’ Days”, de Gilberto Braga: Yolanda Pratini (Joana Fomm) perdia Hélio (Reginaldo Faria) para Verinha (Lídia Brondi).

Dez anos depois – e outra vez em uma novela de Gilberto Braga –  Lídia e Reginaldo se reencontraram. Dessa vez, em uma ótima cena do capítulo 77 de “Vale Tudo”, que o Canal Viva exibiu no dia 18 de janeiro.

Após recuperar a minuta do testamento de Cecília (Lala Deheizelin) das mãos de Fátima (Glória Pires) – na clássica cena da garrafa -, Solange (Lídia Brondi) faz uma chantagem a Marco Aurélio (Reginaldo Faria): se ele não deixar toda a pousada para Laís (Cristina Prochaska), ela o denuncia à imprensa. Toda essa sequencia é um dos momentos marcantes de “Vale Tudo”.

Depois de arrebentar nas cenas, há outra dose extra de emoção quando Lídia Brondi aparece no efeito de encerramento deste capítulo (ela já havia encerrado outros dois).

Lídia Brondi e Reginaldo Faria também contracenaram em “Baila Comigo” (Globo, 1981), “Corpo Santo” (Manchete, 1987) e “Tieta” (Globo, 1989).

Quem perdeu e quiser conferir o capítulo na íntegra é só clicar no vídeo abaixo (o capítulo exibido pelo Viva ainda está disponível):

Anúncios