A repórter policial Bárbara Diniz, da novela “Corpo Santo” (Manchete, 1987), é mais uma personagem inesquecível da carreira de Lídia Brondi.

A atriz sempre deixou claro sua admiração pela jornalista, uma das protagonistas de “Corpo Santo”. Criada pelo autor José Louzeiro, Bárbara foi um estímulo para a carreira de Lídia.

A personagem teve como inspiração a repórter policial Albeniza Garcia, que tinha sido amiga de trabalho de Louzeiro. O autor disse, em reportagem da revista “Amiga”, em 1987, que Albeniza trabalhava com a “tentativa de correção da estrutura social”.

Essa frase é uma síntese do espírito da personagem que Lídia Brondi conseguiu traduzir com seu talento e dinamismo.

Anúncio da novela "Corpo Santo".

Foram várias cenas de ação na pele de  Bárbara Diniz, como a sequencia em que ela é presa ao tentar roubar a prova de um crime (que foi anunciada na mesma revista em que Louzeiro falou sobre Albeniza).

Confira a reportagem na íntegra clicando sobre as imagens. O material foi gentilmente enviado pelo Alperi Martins.

Anúncios