Dez anos antes de “Vale Tudo” (1988), Lídia Brondi e Glória Pires se encontraram na novela “Dancin’ Days”. Por causa do sucesso de suas personagens da novela de 1978, as atrizes, ao lado de Suzana Queiróz, apareceram em uma matéria da revista “Romântica”, em novembro daquele ano.

Verinha (Lídia), Marisa (Glória) e Leila (Suzana) marcaram presença na trama de Gilberto Braga e fizeram sucesso entre o público jovem no fim dos anos 70. As personagens dividiam problemas, curtiam os embalos da discoteca e ditavam moda entre as adolescentes daquela década.

Na reportagem da revista “Romântica, as jovens atrizes foram definidas como “as cocotas da TV” – termo bastante ultrapassado – e responderam perguntas dos fãs sobre sexo antes do casamento, beijo técnico, namoro e gravidez na adolescência. A reportagem foi escrita por Verônica Cobas, com fotos de Chico Jorge.

O raro material foi gentilmente enviado pelo Alperi Martins. Clique abaixo para ampliar:

Anúncios