Lídia Brondi em foto oficial de divulgação da novela "Corpo Santo".

A repórter Bárbara Diniz, a personagem de Lídia Brondi em “Corpo Santo”, da Manchete, representou um momento importante na vida da atriz. O estímulo em interpretar a repórter sempre ficou evidente nas entrevistas dadas por Lídia naquele ano de 1987.

A atriz fez uma análise da personagem em uma matéria publicada no caderno “Amigão”, nº 883, da revista “Amiga”. Confira:

Lídia Brondi: “Bárbara é meio Agatha Christie”

A experiência de 20 anos como repórter policial do autor de “Corpo Santo”, José Louzeiro, é a melhor referência que Lídia Brondi encontrou para compor Bárbara. Lídia diz que a personagem “tem um comportamento meio Sherlock Holmes ou Agatha Christie, é ingênua e esperta e apresenta contradições que lhe garantem consistência”.

A atriz revela ainda que “Bárbara é casada com o trabalho: sua única paixão é colher provas que incriminem as atividades ilícitas da poderosa organização do Grego (Sérgio Viotti)”. Bárbara não estará só nessa meta porque encontra no perito Vidigal (Luís Carlos Arutin) um forte aliado: “Com ele, Bárbara terá uma relação muito bonita. Os dois juntos lutam pela justiça. São cúmplices, amigos e, quem sabe, algo mais”.

Este é o primeiro trabalho de Lídia na Rede Manchete, o que a deixa “feliz por participar do fortalecimento de mais um mercado de trabalho” e “empolgada em poder trabalhar sob a direção de Ary Coslov: ele estabelece uma relação com o ator que é o máximo, estimulando a criação ator/personagem”.

suas cores verdadeiras
brilhando sem parar
Vejo suas cores verdadeiras
e é por isso que eu te amo
então, não tenha medo de deixá-las aparecer
as suas cores verdadeiras
as cores verdadeiras são bonitas
como um arco-írisEntão, dê um sorriso pra mim
não fique triste, não me lembro
quando foi a última vez que eu te vi sorrindo
Se este mundo te deixar louco
e você já não agüentar mais,
ligue pra mim
porque você sabe que estarei ao seu ladoE eu verei suas cores verdadeiras
brilhando sem parar
Vejo suas cores verdadeiras
e é por isso que eu te amo
então, não tenha medo de deixá-las aparecer
as suas cores verdadeiras
as cores verdadeiras são bonitas
como um arco-íris

Anúncios