Mãe e filha, em 1995, no "Bodega", bar administrado por Lídia e pelos irmãos Cássio e Tato Gabus.

Lídia Brondi sempre declarou que o seu principal papel é o de mãe. Sua filha, Isadora, fruto de seu casamento com o diretor Ricardo Waddington, nasceu em 1985, poucos meses antes de Lídia interpretar Tânia Malta em “Roque Santeiro”.

Em entrevistas, Lídia Brondi assumia seu lado “mãe loba”. Chegou a contratar uma babá para poder levar Isadora em algumas cidades do país, quando excursionava com suas peças, e teve que dividir a dura rotina da vida de atriz de teatro e tv com os desafios de ser mãe.

A menina foi batizada de Isadora em homenagem à bailarina Isadora Duncan, ídolo de Lídia. Isadora Waddington apareceu ao lado da mãe, em 1999, numa matéria do programa “Vídeo Show”.

A filha de Lídia Brondi já atuou em peças de teatro. Mesmo tendo o pai como diretor de novelas da Globo, ainda não deu as caras na telinha.

Abaixo, fotos de Lídia no papel de mãe.

Anúncios